quinta-feira, Novembro 17, 2011

fatiotas

A vida surpreende-me na escolha que faz das linhas com que se cose. E não há rasgão que lhe sobreviva na sua ânsia toda costureira. Cerzindo e remendando. Transformando trapos e farrapos em cordões. Uns com eles se enforcam outros com eles se enfeitam. Outros, ainda, ao cenário se ajeitam, mais vestidos, menos despidos, mais ao léu, mais à moda. A vida, essa, anda à roda entretida, confeccionando divertida muitas e muitas fatiotas. É a moda. São os janotas: mais ou menos idiotas, já se vê!

4 Comments:

Blogger th said...

Eu te leio e me encanto...beijo, theo

12:13 da manhã  
Blogger Bastet said...

Querida Th! Eu enviei-te um e-mail aqui há tempos mas provavelmente não leste porque não ia como bastet mas sim com o meu outro nome. Enviei-te hoje um outro com votos de Feliz Natal e ron rons :)

3:57 da tarde  
Blogger th said...

Eu li, minha querida, e respondi, mas se calhar foi para outro endereço...eu também te quero desejar uma época boa de tudo, saúde, prendinhas e sobretudo Amor, que me parece não te falta. Se estiveres no Facebook manda um pedido de amizade para mim,Theo Biel, pode ser uma maneira de nos comunirmos melhor. Beijinho grande.
Ps.: vou copiar e colocar no meu mural este teu "fatiotas", espero que não te importes, penso mesmo que não, por isso me atrevo...lol

7:32 da tarde  
Blogger th said...

Vim passear pelos blogs na esperança aqui de te ver...por onde andas? pena teres deixado de nos presentear com estas pequenas, preciosas, pérolas. Dá notícias kuskas2@gmail.com . Um grande, grande abraço, theo

6:39 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home