segunda-feira, fevereiro 20, 2006

legado

Troquei os meus passos por um assento de onde vejo a vida passar. Troquei as minhas gargalhadas por um sorrido estático e as minhas lágrimas por um olhar perdido. Troquei os meus sonhos por esta estranha serenidade e a minha raiva por esta lassidão. Troquei o meu fogo por uma chama breve e constante e os meus gritos por pequenos murmúrios. Dei a minha esperança por pequenos ordenados de ternura e a minha liberdade por rotinas. Dei a vida em troca da sobrevivência até ser muito claro que prefiro deixar-te a minha morte a esta pálida herança do que não sou.

10 Comments:

Blogger jp said...

passividades caladas, bastet?
um dia destes causam um enorme remoinho que engole tudo o que mexe.
e só se aguenta um tempo...vai por mim
beijinho :-)*

12:37 da tarde  
Blogger MRF said...

agora deixaste-me preocupada, arriba girl. que essas impressões já me assaltaram tantas vezes, mas só vivo pq as esqueço... beijo

2:08 da tarde  
Blogger . said...

Troquei os meus passos por um assento,
A minha estrada por estreito carreiro,
Troquei sentir no rosto ao beijo do vento,
Por afago insensível e rasteiro.

Troquei minhas gargalhadas por um sorriso
Estático, falso, em desatino,
Troquei tudo pelo prazer de um dia, e perdido
Segui o meu carreiro, sem destino.

Dei a minha esperança por um nada
Conquistado à força de vazios
Tal esquadra de fantasmagóricos navios

Que à minha vida deixaram inerte e estendida,
E tal como num passeio de Domingo,
Arrasto-me sem conhecer o meu destino.

AR

3:05 da tarde  
Blogger Bastet said...

"Que nada JP!!!" Aqui a Bastet Bigodes já gritou e virou a mesa :)*** (Como eu gosto deste Bastet Bigodes!!!)

MRF: Sossega querida MRF que eu só calo até ao grito mas quando grito esqueço que algum dia estive calada :)***

AR: (...) a ti não sei dar-te resposta porque tu conheces as minhas perguntas e as minhas respostas, deixo-te um beijo, pode ser?

3:23 da tarde  
Blogger a-bordo said...

... força então; beijo ...

3:33 da tarde  
Blogger Bastet said...

xiiii.... porque será que fico sempre babada quando tenho o prazer de receber aqui um comentário "a-bordo"? :)*

3:45 da tarde  
Blogger Mocho Falante said...

mas que tristeza é esta que aqui leio hummm? vamos lá a sorrir com toda a força

beijocas

6:28 da tarde  
Blogger Hipatia said...

Será do tempo, amiga? Será do signo? Será o quê, afinal, que parece povoar-nos das mesmas dúvidas?

7:49 da tarde  
Blogger SGC said...

Bom, são os dias nimbosos, Bastet
(ainda bem que passam depressa, os momentos dionisíacos!)
*

12:34 da manhã  
Blogger Bastet said...

Olá Mochinho! Que bom que vieste aqui! Fica aqui um sorriso para ti :)

Hipátia: Deve ser do signo amiga... nunca mais chega a altura da tosquia para nos aliviar desta lã pesada do Inverno...

Passa pois SGC, sobretudo "with a little help from my friends" :) obrigada!

10:16 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home