quinta-feira, setembro 22, 2005

à letra

Saíu-me um génio da lâmpada com a conversa maçadora do costume. Para além da história dos três desejos chamava-me amo. Bocejei. Estou farta desta gramática machista, chauvinista. Ama! - Gritei eu. Todavia, o retrógado idiota não era um génio em interpretação - Percebi quando o vi olhar-me com um ar apaixonado. Podia ser pior. Em vez de um génio que agora me ama por desejo meu, podia ser eu ama de criancinhas por desejo dele...

9 Comments:

Blogger Hipatia said...

lol

Antes um génio com ar pingão do que tu com não sei quantos pingões nos braços ;-)

(ainda não fui ao correio, mas lá para o fundo da primeira página da Voz tem uma coisa que és capaz de gostar :)))

11:32 da tarde  
Blogger Alcabrozes said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

3:10 da tarde  
Blogger Alcabrozes said...

Tiveste que esfegar a lâmpada?

pedro a.

3:11 da tarde  
Blogger Bastet said...

Esse "tiveste" até faz parecer que foi um frete...

11:03 da tarde  
Blogger Alcabrozes said...

pedro a.
LOL!!

1:29 da manhã  
Blogger Noite said...

:) Gostei, gostei. O português permite estas coisas :)
(Estás melhor? Beijinhos)

3:12 da manhã  
Blogger Bastet said...

Olá Noite :) Estou melhor obrigada! se bem que neste fim de semana tive uma crise de asma :/ Beijos grandes. Já estás de regresso, não?

10:11 da tarde  
Blogger batista filho said...

:) Essa foi legal!

10:52 da manhã  
Blogger Noite said...

Já estou deste lado (do outro lado! ;) )

6:13 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home