terça-feira, julho 26, 2005

o vento

Ouvem o vento lá fora? Os silvos agrestes como quem chora? Como lobos uivando descontentes pela fome, pela lonjura da lua, pela imensidão da estepe e da noite? Ouvem o frio que o transporta? O anúncio da mudança, da inevitabilidade das estações e do seu decurso? Ouvem o Natal que chega precipitado? Os dias curtos, o escuro gelado das manhãs cinzentas? As flores arrepiadas pela surpresa das geadas, as árvores nuas, sem folhas nem enfeites e as ruas lavadas pelas chuvas correntes? Ouvem este vento de Agosto próximo e de Dezembro distante? Ouvem o Verão dando suspiros soçobrantes? Este adagio desconcertante ferindo os sentidos, despertando urgências, ouvem-no? Sentem-no? E a serra que se encobre num verde que fica mais forte e que me assusta... Porque não traz o Verão a Primavera e de novo o Verão e sol eterno? Porque sinto eu neste vento o prenúncio do Inverno!?

16 Comments:

Blogger Zu said...

Deixa o vento, deixa o céu cinzento - por mais uns dias, dá-me um jeitão! ;)

6:06 da tarde  
Blogger Hipatia said...

Por aqui choveu domingo, chuviscou ontem e hoje o dia está com cara feia, de quem ainda deixará cair umas quantas lágrimas. Mas que seja breve este soçobrar do Verão. Que ajude a extinguir os fogos por esse País fora. Lá para meados de Agosto, que se vista o tempo de calor e muita luz, sol radiante e dias bem estivais :))

6:41 da tarde  
Blogger miss caipira said...

Olha, aqui já chove. A nossa serra é linda faça chuva ou sol!

8:27 da tarde  
Blogger Mocho Falante said...

Confesso que gosto destas noites enganadores de Julho, confesso que tenho saudades da chuva e do cheiro a terra molhada.

Mas verão é verão mas isto já foi chão que deu uvas

11:31 da tarde  
Blogger adesenhar said...

deixa lá o inverno em paz...

mas verão com chuva até vinha dar jeito...

12:19 da manhã  
Blogger vague said...

Eu gosto dos pingos de chuva e de os sentir na pele e no cabelo, (sobretudo se não tiver q ir a nenhum lugar a seguir)
gosto da terra lavada pela chuva,
da pureza com que o ar fica, transparente e leve.
Gostei da chuva de ontem, primeiro ouvi-a, depois dançei-a, a seguir fugi dela qdo brevemente gritou e dei uma corrida rápida até ao carro. Oxalá não apanhe uma constipação.

ps: a propósito tens aí um comprimido para dormir? :(

5:24 da manhã  
Blogger a-bordo said...

gosto da nostalgia que é capaz de se elevar acima de si e que no centimetro acima ainda assim continua nostálgica: letra da carne, irmã que paira, irmã que cuida, irmã que a vela e que assim, no texto, - quem sabe? - também, a redime.

5:24 da manhã  
Blogger Bastet said...

Também eu gosto da chuva sobretudo quando torrencial e do cheiro que a terra emana quando molhada. Mas, a-bordo tiro-te o chapéu, esta chuva deixou-me nostálgica assim com um pé no Inverno... Ora, tendo em conta que ainda não fui de férias nem à praia....

10:29 da manhã  
Blogger . said...

Que conversa da treta! Chuva? Em Julho? Nostalgia? Mas está toda a gente passada? Calor, pá, calor é que se quer. Caloraça valente, insuportável, abafadora. Para ir para a praia e não ter que usar fato. Para ir beber uma coisa fresca depois do trabalho, ali para uma esplanada à beira rio. Para andar em boxers pela casa e tomar banho de água quase fria (porque fria ... ná ...). Agora vêm-me aqui com uma conversa de 'ai a chuvinha, tão bom, que cheirinho a terra molhada ... Ah e tal ... ah e tal não, que eu assim vou fazer a minha vida para outro lado!
AR

12:06 da tarde  
Blogger Bastet said...

Ah e tal não! Concordo pá, vou fazer a vida para outro lado onde me digam ah e tal sim senhor! É isso tudo, AR, mas lá porque a malta é jovem....

12:13 da tarde  
Blogger Zu said...

Uma chuvinha de Verão sabe tão bem! Refresca a pele quente, salpica a roupa com pequenos pingos, intensifica os cheiros.
Calor sim, desde que não insuportável e pegajoso, desde que a partir da próxima semana apenas e com o mar por perto, de preferência, para refrescar.

12:33 da tarde  
Blogger Caracolinha said...

O vento, a chuva ... vai ver o meu post de hoje ... beijinhos minha querida !!!! ~:o)

4:26 da tarde  
Blogger Alcabrozes said...

Boa AR! Era preciso um toque de macheza aqui no forum "SIC-Mulher".
E de seguida vamos pegar uns toiros a Montemor e apanhar uma bubadeira e andar à porrada com a GNR!!!

5:29 da tarde  
Blogger Zu said...

Que bela definição de macheza :P

9:26 da tarde  
Blogger . said...

Ó pá, essa cena marada da porrada à GNR não que eu é que levava na corneta e, com azar, ainda ficava sem cabeça. Mas lá para os copos ... 'tou nessa. Quanto a pegar toiros não está propriamente nos meus planos. Mas ver uma corridinha isso ía ... e de preferência a Espanha, que isto aqui são corridas de meninos. Lá está, malta da conversa 'ai a chuvinha, tão boa ... e depois eu vou ali acima e dizem-me sim, senhor ... esta conversa da treta ... e eu fico chateado, é claro que fico chateado'!
AR

12:28 da manhã  
Blogger Luís Miguel said...

"... prenuncio de Inverno.." Como te compreendo. O ambiente nem sempre (raramente) faz sentido aos nossos desejos e vontades..
.
.
Boas férias…
.
.

11:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home