terça-feira, julho 19, 2005

ainda

Se todo mal traz rabona e tridente, desprovido de sentido e infligido cruelmente pelo bicho que de vermelho traja, esta terra é sobejas vezes o inferno, onde com dificuldade vencemos pela fé o caminho para o paraíso, local sagrado onde esperemos seja então a comarca de Deus - aí - Todo Poderoso.

37 Comments:

Blogger Alcabrozes said...

Que o digam os lagartos, que sempre que vêem os de vermelho sabem que o sofrimento chegou!

4:19 da tarde  
Blogger Bastet said...

Quando escrevi a palavra vermelho acredita que esperei um comentário teu! lol! São muitos anos! :)

4:25 da tarde  
Blogger Caracolinha said...

Então e quando se fala de vermelho falta aqui a Caracolinha para se juntar ao grupo dos devotos !!!!

Beijinhos. Muitos. Vermelhos. Claro !!

8:51 da tarde  
Blogger . said...

Há uns anos li um livro altamentre perigoso: Memnock, the Devil. Perigoso porque falava de um Diabo bom, a cumprir, com sofrimento, a missão que Deus lhe tinha incumbido de levar a cabo.
Isto para dizer que nem todo o mal chega de rabona e tridente. E que nem todo o mal é mal. E que nem todo o bem é bem. E que as coisas nunca são o que parecem. E que genial perverso era Oscar Wilde.
AR

10:49 da tarde  
Blogger Zu said...

Lembrei-me, com o teu post e o comentário do AR, de um livro fantástico de que apenas li bocados, que tinha um título mais ou menos como "Cartas de um diabo ao seu sobrinho". Não sei se existe em português, e não sei se acerto no autor dizendo que é do G. K. Chesterton (espero ter ao menos acertado nas iniciais).
Para além disso, acredito mais num diabo com cara humana e modos cativantes do que num com tridente e rabo comprido, de vermelho trajando.

10:53 da tarde  
Blogger Mocho Falante said...

Agora pensando bem minha amiga... não sei se quero o paraíso para mim, deve ser um lugar tão solitário e depois não devo encontrar ninguem conhecido

Beijocas

PS: Esperamos as musiquinhas

11:29 da tarde  
Blogger . said...

O paraíso é uma seca!
AR

12:34 da manhã  
Blogger Hipatia said...

Nunca consegui acreditar nessa dualidade. E não chego a saber se não será essa uma verdadeira benesse na minha vida :)

12:46 da manhã  
Blogger miss caipira said...

Podes me mandar o teu mail para te mandar o croquis?
Eu sei que já mo deste, mas não sei onde o pus.
Bjugas

10:01 da manhã  
Blogger Bastet said...

Vejo com agrado que as dúvidas não são só minhas, que isto de colocar o mal e o bem em compartimentos estanques tem mesmo muito que se lhe diga e que a imagem de Deus e do Diabo continua a ser simplesmente arrecadada, aceite, sem ser questionada, sem que logremos ter mais certezas. Sem que ousemos muitas vezes expôr as nossas dúvidas. Acho que vale a pena continuar a pensar e a questionar. Não convivo com facilidade com a fé "cómoda" do tipo só quando estou de aflitos me virar para Ele e pedir ajuda, acreditando umas vezes que Ele tudo pode e outras achando que Ele muito dorme...

11:04 da manhã  
Blogger forass said...

Or not...

12:07 da tarde  
Blogger Bastet said...

Sim Formiga há sempre um espaço para o talvez não. :)

12:10 da tarde  
Blogger . said...

E o paraíso é uma seca por uma data de razões. Primeiro, os anjos não têm sexo! Conseguem imaginar? Nada. Nicles. Nope. Kaput. É a eternidade a olhar para o vazio entre pernas! Eu acho isso um drama. Depois é a harpa. É que os gajos só tocam harpa. Enfim, há para lá uns que tocam umas cornetas compridas (deve ser para compensarem a falta de sexo ...) mas no geral os gajos só tocam harpa. Harpa lembra-me logo o bardo das histórias do Asterix. E eu penso: então e se der aos gajos vontade de cantar? Cantarão como o bardo? (enfim, imagino apenas que o bardo cante mal porque de facto nunca o ouvi ...). E cantarão para compensar o facto de não terem sexo? Ou será por outro motivo? Depois há a questão das nuvens. Eu não me aguento em cima de uma nuvem. E já me imagino a saltar de nuvem em nuvem, como elegante hipopotamo a salta de nenúfar em nenúfar ... E se caio? Quem me segura? Os anjos? Dúvido que eles, de tão pequenos, tenham força para isso. E praia? Nunca vi um anjo na praia. Portanto, os gajos não devem ter praia. Como não têm sexo. Nem computador. Nem XBox. E não terem XBox é verdadeiramente um drama.
Enfim, fico na minha, o paraíso deve ser uma seca.
AR

12:30 da tarde  
Blogger Bastet said...

AR: Achas que o Assurancetourix está no Paraíso? E o Pneumatix? Estará por lá a ameaçá-lo de malho em punho? lol!!!

12:41 da tarde  
Blogger Zu said...

- Quem garante que os anjos não têm sexo? Houve alguma conclusão sobre o assunto antes de Constantinopla cair?
- Não tendo os anjos sexo, o que acontece a quem vai para o céu, mas não é anjo? Perde-o também?
- Se o Assurancetourix está no paraíso, não é paraíso; a menos que não haja som, mas sem música poder-se-á conceber o paraíso?
- E sem riso? Ná, não podia ser paraíso!
- Não faço ideia do que é uma Xbox, é grave?
(Abstenho-me de falar sobre o hipopótamo - como poderia o paraíso ser uma seca, com tal atracção?)

1:12 da tarde  
Blogger adesenhar said...

Como o paraíso é uma seca!

prefiro entrar num buraco negro...

:)

3:17 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Bom, Zu, transmite a minha solidariedade à Constantinopla. Os buracos são lixados...
Eu não sei se o bardo está lá. Foi apenas uma hipótese que aventei. Mas com o sofrimento porque passa nas histórias é bem possível que por lá ande.
Quem tem sexo não vai para o Paraíso! Duhhhh! É pecado, pá. É mau. Por isso é que no Paraíso só há gente sem sexo! É preciso um desenho????
Pois é Paraíso exactamente porque não tem riso. Não leram o Nome da Rosa? Aquela cena marada do padreco zarolho a matar os outros porque liam a obra

3:17 da tarde  
Blogger . said...

O post acina é meu ...
AR

3:19 da tarde  
Blogger . said...

Acima.
Just in case ...
AR

3:23 da tarde  
Blogger Bastet said...

Parece-me que ninguém teria dúvida sobre o autor do comentário AR! :)

3:23 da tarde  
Blogger . said...

Ó Diabo (vem mesmo a propósito) ... esta coisa não postou a minha brilhante intervenção na totalidade ...
Falta a parte da XBox. É uma consola de jogos (o que andas a perder, Zu). Vai saír outra. Em Novembro. Vou comprar.
Ponto Final.
AR

3:25 da tarde  
Blogger Zu said...

A tua argumentação, AR, está eivada de erros teológicos crassos (tss, tss), que de momento, porém, não tenho tempo de dissecar. Espero que percebas mais de culinária ;))))
Quanto à Xbox: tenho um ódiozinho de estimação relativamente à larguíssima maioria dos jogos de computador, daí a minha ignorância.

3:36 da tarde  
Blogger . said...

A minha argumentação não tem uma única falha. É perfeita. É o princípio e o fim de si mesma. Infelizmente, esta treta decidiu truncar parte da mensagem e eu estou demasiado preguiçoso para reescrever tudo.
A eiva vem das árvores! Não percebo como é que a pretendes enquadrar neste contexto!
AR
P.S. Pronto, reconheço que já tive chalaças mais engraçadas, mas foi o que se arranjou dada a condicionante fisico-psicológica.

3:43 da tarde  
Blogger Zu said...

De facto... Mas eu dou o desconto, depois de tanta argumentação, ainda por cima engolida pelo blogger, e com o calor idiota que está, fica desculpada a eiva.
Aprecio muito a tua modéstia.

3:51 da tarde  
Blogger . said...

Agora imagina, com este calor e de fato! Pois é, pois é, eu sou um mártir, já sei. Depois é claro que saem coisas como a chalaça da eiva...
Mas não sabias que modesto é o meu nome do meio?
AR

4:09 da tarde  
Blogger Zu said...

Um elegante hipopótamo de fato? Uau, sr. A Modesto R!
Agora a sério: admiro o espírito estóico de quem tanto se sacrifica em prol do bem comum.

4:24 da tarde  
Blogger . said...

Completamente! Em prol do bem comum! Nem eu seria capaz de melhor descrever a minha actividade e os sacrifícios que faço! Obrigado, Zu. A Pátria, reconhecida, te recompensará (e a mim, já agora, que sou eu que carrego o maldito do fato).
AR

4:30 da tarde  
Blogger Zu said...

Sempre às ordens!

4:34 da tarde  
Blogger . said...

Ó minha amiga ... isso é a única coisa que se não me pode dizer ...
AR

4:38 da tarde  
Blogger Zu said...

Sempre às ordens para elogiar o bom trabalho em prol do bem comum (reformulação do comentário anterior).

4:44 da tarde  
Blogger . said...

Hmmm ... pois ...
Olha, já reparaste que a Bastet voltou a fechar a porta? E desta vez nem nos avisou.
AR

4:58 da tarde  
Blogger . said...

Cheguei a este site. Nem a propósito. Estou perdido!
http://www.pensabem.net/artigos/ler/?id=582
AR

5:57 da tarde  
Blogger Hipatia said...

"No Zohar Hadasch (seção Utro, pag. 20), está escrito que Samael - o tentador - junto com sua mulher Lilith, tramou a sedução do primeiro casal humano. Não foi grande o trabalho que Lilith teve para corromper a virtude de Adão, por ela maculada com seu beijo; o belo arcanjo Samael fez o mesmo para desonrar Eva: E essa foi a causa da mortalidade humana."
(aqui:http://www.meiodoceu.com/mitologia_lilith.htm)

Ora bem, como eu nunca fui à catequese, expliquem-me lá uma coisa: um Arcanjo não é um anjo de uma "classe" superior? Ora se este tal de Samael podia fazer demoniosinhos à Lillith e tentar engatar a Eva, vocês têm a certeza que os anjos não têm sexo?

6:54 da tarde  
Blogger Hipatia said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

6:56 da tarde  
Blogger Zu said...

A porta afinal estava aberta, mas acho que o nosso diálogo estava a embaraçar os convivas, AMR.
Fui ao site indicado; aliás, já lá tinha ido via Terra da Alegria, por causa de um outro artigo lá publicado. O comentário desta visão do inferno levaria muito tempo, mas hei-de falar disto no meu blog - para não andar a roubar espaço à Bastet, que qualquer dia se farta de tão longos comentários meus ;). E para o fazer de forma séria e não na brincadeira, como é o caso agora.

Quanto ao que diz a Hipatia: que é o Zohar Adasch? Quem são a Lillith e o Samael que se andaram a meter com o Adão e a Eva?

8:06 da tarde  
Blogger Mocho Falante said...

Querida Bastet, adorei a tua visita, aliás gosto sempre muito e agradeço as tuas palavras bonitas neste meu dia.

Um grande bejinho

Ps: Onde está a música aqui no blog?? LOL

1:31 da manhã  
Blogger Bastet said...

A história do sexo dos anjos já deixou de ser controversa para ser antiga. Os anjinhos barrocos eram representados com sexo, pilinhas minúsculas mas enfim... Mas, Hipatia, de onde a dúvida? Só mesmo alguém de estirpe superior para exercer a sedução! lol!!!!

Querido Mocho... perguntas bem... a música... ai, ai, deve ser mais ou menos como a questão do sexo dos anjos... vai levar o seu tempo! Um beijo grande desta amiga que se já gostava de te ler ficou tua fã incondicional quando viu a extensão da tua magnífica família de quatro patas! Cumprimentos ao Sr. Sim-Sim! :)

10:40 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home