domingo, maio 22, 2005

emoção e fé


Emoção é ganhar o campeonato! Fé é assistir ao jogo com uma garrafa de champagnhe e ir bebericando a vitória!!!
Benfica é campeão! Benfica é campeão! Benfica é campeão!


8 Comments:

Blogger Zumbido said...

Não partilho a emoção nem a fé mas dou os parabéns pela vitória e pelo estilo. Se não nos revemos no conteúdo podemos sempre rever-nos nas forma e vice-versa. Querer tudo é sempre um exagero. Louros então para quem vence (e louras para os outros).
:)***
Marcelo

12:01 da manhã  
Blogger Bastet said...

:) Fico então com os louros e deixo-te as louras! Obrigada pela visita (espero que estejas menos sisudo LOL).

10:29 da manhã  
Blogger AleKsandro said...

O doce sabor da vitória...
Grande clube! O único em Portugal que é verdadeiramente democrático, atravessa a nossa sociedadee tranversalmente, não é, ou pelo menos não pensa que é, um clube das elites!

12:21 da tarde  
Blogger Bastet said...

É essa a magia do SLB, nascida na rua e transportada para o mundo inteiro sem peneiras, só com emoção!

12:24 da tarde  
Blogger lena said...

eu fui bebericando gin tónico :D*******




&8)

1:23 da tarde  
Blogger Calvin said...

E que se lixe o défice que no próximo fim-de-semana é a Taça! Benfiiiiiiiiiiiica! :oD

Tranportada para o mundo inteiro sem peneiras mas com uma ajudinha do Estado Novo... Mas pronto! O que lá vai, lá vai, não é? :oD

4:48 da tarde  
Blogger Bastet said...

Calvin, outras coisas houve que foram transportadas com ajuda do Estado Novo e não sobreviveram :) e, como dizes, o que lá vai, lá vai e o campeonato também. Venha a taça!

5:23 da tarde  
Blogger o net pulha said...

Atitude típica da propaganda do estado novo, estar ao lado dos que davam alegrias ao povo e em quem o povo se revia. A atitude mais consentânea do aparelho salazarista seria apoiar o SCP, mas cedo perceberam que a sua génese era demasiado elitista e de elites o "Botas" não gostava lá muito. Curioso é que as grandes vitórias do futebol português dão-se com o início da Guerra Colonial, como se para iludir a malta fosse. Ontem como hoje, as técnicas repetem-se!

6:25 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home