sexta-feira, abril 15, 2005

onde está o "o"?

Naquele dia a caminho da escola Matilde perdera o "o". Dera-se conta da letra perdida quando, já na aula de Matemática, quis escrever "socorro" num bilhete que dirigira à Ana. E agora? - Que seria dela sem o "o"?. O "o" é uma letra demasiado importante para se perder - pensou.
Rebuscou-a dentro da mochila cor de rosa, entre os papéis amarfanhados no lixo, nos bolsos do blusão de ganga e até em outros livros de diferentes matérias. Encontrou-o já tardiamente perto do "z" no cabeçalho da sua última prova onde, impiedosamente e a vermelho, o professor escrevera um rotundo "zero".

8 Comments:

Blogger AleKsandro said...

São esses traços a vermelho que darão o real valor aos "cês" a verde, sem tracinhos na perninha...

12:18 da tarde  
Blogger Bastet said...

Acredito que sim. Nunca sofri destes desaires :) e já lá vão tantos anos...

12:38 da tarde  
Blogger Barão d'Holbster said...

Olá querida deusa
Já há tanto tempo que não te dou um presente. Pois aqui está...

http://photoblog.be/photoblog.php?nickname=dholbster&action=view&id=1340071

1:40 da tarde  
Blogger Bastet said...

Olá querido barão: obrigada por este gato enigmático! E que bom saber-te de volta :)

2:41 da tarde  
Blogger Bastet said...

aleksandro: entenda-se que nunca sofri desses desaires no liceu mas que comemorei a minha primeira negativa na Faculdade com toda a pompa e circustãncia! Um magnífico quatro a Economia Política! :)

2:42 da tarde  
Blogger MRF said...

o! muito giro!

(presente envenenado lá em casa, miau! diz ela a desculpar-se)

3:00 da tarde  
Blogger Softy Susana said...

:)
tão fofo!
beijocas!

5:35 da tarde  
Blogger Calvin said...

Comprndo o problma dla. u tnho um parcido. :o)

9:37 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home