sábado, abril 30, 2005

o sapato no nariz

Porque uma narina não é uma sapataria, ainda que de bonecas, liguei os quatro piscas e voei rumo ao centro de saúde. Pelo caminho vociferei palavrões pela janela do carro a alguns idiotas que se atravessaram à minha frente. Palavrões que, refira-se, há cinco anos a esta parte evito que a minha filha ouça e aprenda na escola. Vendo as coisas pelo lado positivo mais vale que os aprenda com a mãe ou, tendo fé, pode ser que o sapato na narina lhe tenha perturbado a audição.
Ao fim de algum choro, sangue e persuasão, a rapariga deitou-se na maca sob a luz forte do projector. Com uma pinça o objecto foi extraído. A médica olhou com desdém para o minúsculo sapato da "Polly" e, pareceu-me, para mim também. Talvez por lhe ter comprado a boneca que usa os sapatos. Talvez pelo meu ar amargurado e apocalíptico. Talvez porque ela fosse uma das condutoras incautas que, paulatinamente, se dirigia ao seu local de trabalho.

14 Comments:

Blogger The Challenger said...

aii.... e está td bem com a peste ?? :/

7:14 da tarde  
Blogger Bastet said...

Já passou! :)

8:36 da tarde  
Blogger The Challenger said...

essa traquinas! :P

9:44 da tarde  
Blogger lena said...

looooooooooooooooooooooooooool



eu fui uma noite de charola com a minha por causa de uma espinha supostamente entalada na garganta!

ao fim de trinta corredores do santa maria e de ter finalmente encontrado o médico deitado numa marquesa a descansar ( e ficou lixado porque eu empurrei a porta e o vi :D

depois de o shô dòtor lhe ter enfiado o indicador de luva pela goela abaixo, deu-nos a certeza de que não havia espinha alguma e que se tratava apenas de uma impressão causada pelo arranhanço de uma

o português tá uma miséria, mas a noite já vai looooooonga :D

beijos :)**********

slb

12:11 da manhã  
Blogger MRF said...

As minhas filhotas ainda não se lembraram dessa!!! que susto, eh!

12:15 da manhã  
Blogger th said...

Em Espanha, já casada e com filhos, menina grande portanto, tive que ir ao hospital por ter engolido um comprimido que era para dissolver...pergunta do médico: e tambien engoliste la embalege?...lol
Fiquei 15 dias a papas e ovos mexidos. Eheheheh
E tudo está bem quando acaba bem, beijo à mãe e à filhota. th

12:22 da manhã  
Blogger Bastet said...

Eu espero que as peripécias acalmem que o sangue frio anda a esgotar-se :)

12:24 da manhã  
Blogger JorgeMorais said...

A minha filha adora brincar com Polly's. Acho que vou passar a ter mais cuidado.

(estava a falar "cuidado ao andar de carro"... LOL)

12:25 da manhã  
Blogger Bastet said...

th, essa é demais! LOL! Vá lá podia ter posto uma bota sempre era pior que um sapato! LOL!!!

SLB, SLB, SLB!!!!

12:26 da manhã  
Blogger Bastet said...

Jorge! LOL! Mas agora a sério tem cuidado porque as roupas delas são mesmo muito pequenas! :)* Não passaste por nenhuma condutora mal educada pois não :)?

12:28 da manhã  
Blogger Alcabrozes said...

Puta da Polly...
o net pulha

1:36 da manhã  
Blogger Bastet said...

Net Pulha: LOL! o sapato era tipo sapato ténis não me parece que seja o tipo de sapato desse género de profissional liberal :)

2:13 da tarde  
Blogger vague said...

Definitivamente, não se podem deixar os miúdos pequenos fora de vista. Um sapato no nariz...

Já me estou a ver a assessorar a minha sobrinha qdo ela começar a andar... (a fazer de guarda-costas, é o q é) :)

10:05 da tarde  
Blogger Bastet said...

Vague: guarda narinas é o que é!

12:36 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home