quarta-feira, abril 06, 2005

o descanso e a vigília



Encontraram-se na troca de turnos, trocaram um bocejo e um carinho dorminhoco. Por vezes sobrava energia para falarem do sol e da lua, dos rouxinóis e dos mochos, dos bares e dos cafés matinais e por vezes comentavam, entre si, com muita sabedoria como eram detentores de toda a realidade.



5 Comments:

Blogger lobices said...

...sem nunca pensarem que a realidade é que era a detentora deles...
:)*

5:54 da tarde  
Blogger MRF said...

- descobri que não existem verdades absolutas
- achas?
- tenho a certeza absoluta

8:01 da tarde  
Blogger Bastet said...

Pois é amigos! É bom escrever para vocês! :)*

9:55 da tarde  
Blogger th said...

Achei uma delícia o seu(teu) comemtário ao post do JMV, eu tenho 72 anos como sua(tua) mãe e sou fã do Julinho, vejo-o todos os Domingos na RTPN, às 23h. Vou aparecer por cá mais vezes, th

1:06 da manhã  
Blogger Bastet said...

Obrigada th! Eu também sou fã do Julinho! :)

1:13 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home