quinta-feira, março 31, 2005

entre iguais



Instala-se súbito o mudo rugido do silêncio quando, entre iguais, se faz amor.





3 Comments:

Blogger Barão d'Holbster said...

Eh pá, isto faz-me lembrar a aquela música do Roberto Carlos - Tudo pára quando a gente faz amor.
Volta bastet, queima esses discos e volta ao mundo real. O silêncio é a útlima coisa que acontece quando se faz amor (a não ser que os teus pais estejam a dormir no quarto ao lado...)

12:05 da tarde  
Blogger Bastet said...

:) Querido barão:
Eu já estou mais na fase em que no quarto ao lado dorme a filha! Mas quanto ao silêncio é como tudo uma questão de feitio ;)

12:35 da tarde  
Blogger lena said...

ai a primavera a primavera... ;)



tá com ar de que vai chover outra vez
:)

6:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home