segunda-feira, fevereiro 07, 2005

let´s make a break

A importância dos intervalos não está no período que os medeia mas no seu fim.
Tal como o parênteses, um intervalo só é um intervalo quando termina.
Seja qual for a extensão do intervalo, a vida, tal como a prosa, deve continuar.
That´s all for now folk's.
(to be continued...)

4 Comments:

Blogger lena said...

logo hoje que me lembrei de ti!
:)
té!*

7:38 da tarde  
Blogger MRF said...

E as coisas que podem acontecer num intervalo!

1:10 da manhã  
Blogger Barão d'Holbster said...

A importância dos intervalos é muitas vezes desprezada. O intervalo é necessario para se poder respirar fundo, para rever o plano inicial enfim, para confirmar o objectivo inicial...

6:00 da tarde  
Blogger vague said...

Não tinha penasado nos intervalos dessa forma mas agora parece-me óbvia: um intervalo é o espaço que vai entre dois pontos, o princípio e o fim dele mesmo e só se realiza nessa condição.
Independentemente do quanto tempo duram e convém q não durem demais senão perdem o estatuto e podem converter-se em encruzilhadas,
independemente disso,
são às vezes absolutamente necessários...

4:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home