segunda-feira, setembro 06, 2004

outro juízo final


Importas-te tu afinal com as casas que te constróem? Com a beleza dos templos onde te dirigem rezas e súplicas? Vês tu nelas por acaso a magnitude da devoção? Por onde andam os teus olhos e as tuas leituras? Não deitarias tu abaixo com a força de outros tempos as paredes abandonadas por aqueles que por ti se sentem abandonados? E como podes afinal responder em silêncio a tanta dor, a tanta dúvida...Não serão já suficientes estes anos de solidão? Quando te fartarás deste palco assombrado, templo de deuses menores onde ainda alguns subsistem na tua espera? Como será, pergunto, o Teu juízo final, nas pobres mãos de todos nós!





6 Comments:

Blogger forass said...

Só será aquilo que Nós quereremos que seja.

4:54 da tarde  
Blogger Alcabrozes said...

Gostei.
Ao nível que já me habituaste.
Obrigado,Bastet.

i am you

9:16 da tarde  
Blogger Alcabrozes said...

E eu pergunto (como perguntaria Batista Bastos):
Oh, Deus pá! Onde é que tu estavas, pá quando na passada sexta-feira, mataram centenas de inocentes em Beslan?o net pulha

3:11 da tarde  
Blogger marvin said...

Estava (era) nas vítimas, nos inocentes.

[E o Homem, onde estava?]

4:59 da tarde  
Blogger Alcabrozes said...

Os homens estavam, em Seu nome, a primir o gatilho...

5:33 da tarde  
Blogger Softy Susana said...

Gostei muito. Muito mesmo.

6:36 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home