quinta-feira, julho 22, 2004

amuados



De costas viradas aperceberam-se da sua semelhança. Até no virar das costas eram semelhantes: o orgulho intacto, o coração ferido.
Para lá do amuo, enquanto espanejavam as penas em jeito de chamariz, puderam sorrir:
- Não, não adianta grasnar contigo!!!


8 Comments:

Blogger marvin said...

Ainda para mais detesto gritaria.

10:44 da tarde  
Blogger Bastet said...

Ninguém diria amigo CC, ninguém diria!

11:21 da tarde  
Blogger Rui said...

Estamos na vida pa'tudo. Até para amuar.

11:42 da tarde  
Blogger Rui said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

11:43 da tarde  
Blogger marvin said...

Sem bem que este suave arfar que aqui se lê, querida Bastet...

11:45 da tarde  
Blogger Bastet said...

Os amuos do (com) o meu amigo CC são mais divertidos que muitas conversas cordiais!

11:46 da tarde  
Blogger Xobineski Patruska said...

Gostei muito da maneira como escreveste. Vou tomar a liberdade de o enviar por email para uma pessoa, com os direitos de autor salvaguardados. :)

12:33 da manhã  
Blogger Bastet said...

À Xobineski Patruska:
Hum, fico feliz das minhas grasnadelas serem úteis!

12:39 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home